Adistec Brasil firma parceria com a Veritas para ampliar ofertas de soluções em seu portfólio

A Adistec anuncia parceria com a Veritas com o objetivo de aumentar a oferta de soluções em seu portfólio.

Fundada em 1983 e com sede na Califórnia (EUA), a Veritas é fornecedora de soluções para gerenciamento de armazenamento, recuperação de dados e alta disponibilidade. A parceria com a Adistec Brasil é fruto da relação de longa data firmada entre as duas empresas para atender países da América Latina e Caribe, que inclui a comercialização de todas as soluções do portfólio da Veritas. “A Veritas chega para complementar o nosso portfólio com soluções de ponta para data centers e potencializar nossa capacidade de distribuição por todo o território nacional e representa um forte potencial de novos negócios”, comenta José Roberto Rodrigues, country manager da Adistec Brasil.

Rodrigues completa que a parceria com a Veritas faz parte do plano estratégico de expansão da companhia no Brasil, que prevê dobrar o faturamento em 2018 com o fortalecimento de parcerias e da cobertura em todo o país. “Nosso cliente é o parceiro, então o objetivo é oferecer uma solução completa, end-to-end, com tecnologias inovadoras que lhes possibilitem agilidade nos negócios de seus cliente com melhores possibilidades e ganho”, reforça o country manager da Adistec Brasil.

“Esse acordo vem para reforçar a credibilidade e confiança que já temos com a Adistec na América Latina e enxergamos na empresa um grande parceiro com total sinergia para alavancar nossos produtos em mercados em expansão para soluções Veritas, principalmente as soluções em Cloud”, destaca Márcia Thieme, Sales Channel Director da Veritas Brasil.

Márcia Thieme ressalta que a Veritas permite às empresas acelerar sua transformação digital e resolver problemas de TI e negócios através do gerenciamento da informação em ambientes multi-nuvem, da proteção de dados e recuperação mais eficiente, da otimização do armazenamento, da capacidade de atender as regulamentações (GDPR – General Data Protection Regulation) e da portabilidade das aplicações entre diversos provedores de nuvem, data centers on-premise independente de plataforma física ou virtual, do cliente.


Fonte: PartnerSales